Cerro Largo, 22 de janeiro de 2022. Bom dia!
[email protected] (55) 9.9982.2424
Logomarca LH Franqui
Publicado em 2020-07-16 12:32:29

Filhas do Amor Divino, há 100 anos no Brasil

Em 19 de julho de 1920, chegaram as Filhas do Amor Divino na então Colônia Serro Azul

Irmã Jacinta Webler, FDC (*)

No dia 19 de julho de 1920, com a chegada das Filhas do Amor Divino de Viena (Áustria), à Serro Azul, estendeu-se um raio de luz e de esperança aos imigrantes alemães que, desde o início, zelaram pelo cultivo da fé, a formação humana, cristã e cultural de seus filhos/as.

Já se passaram 100 anos da presença do carisma do Amor Divino em solo brasileiro, por isso, nós, Filhas do Amor Divino, e todo o povo cerro-larguense temos a graça de celebrar este marco histórico. Com a pandemia do Coronavírus, vivemos um tempo de grandes desafios, entre esses, o distanciamento social, mas isso não nos impede de elevarmos o nosso coração a Deus para celebrar este marco importante e significativo da nossa história, mesmo que seja virtualmente.

Como não comemorar? Nosso coração vibra, afinal, no dia 19 de julho, celebraremos o primeiro centenário, desde que as pioneiras Irmã Teresina Werner e Irmã Constantina Rech, acompanhadas de três jovens corajosas, lançaram a semente do Amor Divino em Serro Azul, hoje, Cerro Largo. Desde o início, elas confiaram essa missão à proteção de Nossa Senhora da Anunciação que, do alto do morro do Convento, lança seu olhar maternal sobre todo o povo de Cerro Largo. Ela é o modelo inspirador para "tornar o Amor de Deus Visível no mundo".

Celebrar o jubileu é expressar gratidão e louvor a Deus pelas maravilhas que Ele, em seu infinito Amor, realizou neste chão sagrado. Celebrar também é: um convite para recordar, trazer ao coração, rememorar a vida marcada por tantas magníficas e expressivas experiências; descobrir e reler os sinais do Amor de Deus que marcaram a vida feita história e missão junto ao povo; renovar o compromisso da Consagração religiosa, fundamentada na consagração batismal, que atualiza a dimensão missionária da vocação; seguir e anunciar Jesus e atrair para Ele e para o serviço de Seu Reino jovens generosas e decididas para abraçar e integrar-se na missão das Filhas do Amor Divino.
Com o coração em festa, celebramos este momento com todos aqueles e aquelas que fazem parte, se identificam e compartilham do nosso carisma, buscando conosco construir a história na Igreja e no mundo. Convidamos todos/as para rezar conosco a Oração Jubilar:

Trindade Santa, Pai e Filho e Espírito Santo, aqui estamos, com o coração pleno de gratidão, porque reconhecemos o amor incondicional que tens às criaturas e à humanidade. Somos infinitamente gratas pela encarnação do Carisma do Amor Divino no mundo, acolhido e confirmado no Sim decisivo de Madre Francisca Lechner e das suas seguidoras.

Com o coração transbordando de alegria e júbilo, agradecemos-Te a fecunda missão do Amor Divino no chão brasileiro ao longo destes 100 anos. Nosso reconhecimento filial pela intuição missionária da querida Irmã M. Teresina Werner e suas colaboradoras que sonharam o Brasil como "campo de ação" e empreenderam a desafiadora travessia, com o entusiasmo próprio de quem se coloca em Tuas mãos.

A memória centenária renove em nós o espírito de comunhão, a fidelidade, a audácia e a generosidade para viver de modo NOVO o Carisma onde estamos inseridas. Que Nossa Senhora da Anunciação, Padroeira da nossa Província, nos ajude para que sejamos testemunhas no seguimento do Amado Filho Jesus, e outras jovens sejam despertadas no desejo de acolher o chamado para viver a missão do Amor Divino.

Confiamo-nos à Tua orientação, ó Santíssima Trindade, e pedimos com simplicidade o dom do discernimento para fazer TUDO pelo Reino, pelos Pobres e pela nossa Congregação e, na gratuidade do amor, continuar a "Compreender amando, amar amparando e amparar salvando". Amém.

Sob a proteção de Nossa Senhora da Anunciação, até aqui, o Senhor nos conduziu. A Ele confiamos a continuidade dessa missão centenária do Amor Divino.

* Superiora Provincial

Fonte: Irmã Jacinta Webler, FDC
filhas do amor divino
100 anos
CONTINUE LENDO