Cerro Largo, 22 de janeiro de 2022. Bom dia!
[email protected] (55) 9.9982.2424
Logomarca LH Franqui
Publicado em 2020-12-04 12:00:36

La Salle Medianeira, 85 anos de história

Trajetória vitoriosa do educandário iniciou no longínquo 25 de junho de 1935
Colégio La Salle Medianeira (Foto: Arquivo)

No último final de semana, foi celebrada na Igreja Matriz, missa de ação de graças pelos 85 anos de história do Colégio La Salle Medianeira em Cerro Largo, trajetória vitoriosa iniciada no longínquo 25 de junho de 1935, com a chegada na então vila de Serro Azul, dos pioneiros Irmão Albino, Irmão Teodoro e Irmão Gabriel Donato.

Inicialmente os irmãos assumiram a escola paroquial Sagrada Família, com curso primário somente para meninos mas já em 1942, teve início a Escola Normal Rural La Salle, que ao longo de 30 anos de seu funcionamento, formou nada menos que 493 professores. No ano de l959, concluída a construção do primeiro dos três pavilhões do atual Colégio La Salle Medianeira, iniciou o funcionamento do curso ginasial, e dez anos após, o Curso Científico, correspondente ao atual Segundo Grau/Ensino Médio. Atualmente o Medianeira acolhe em um total de 380 alunos, que são atendidos por meia centena de professores e funcionários.

É um fato notável que em um município pequeno como Cerro Largo, apesar de limitações de ordem econômica da população, das restrições e do laicismo da educação adotados pela Constituição de 1988 e acentuado decréscimo da população infanto/juvenil, uma instituição de ensino privado esteja completando quase um século de exitosa presença em nossa comunidade.

Em minha modesta opinião, esta sobrevida se deve unicamente a uma educação de qualidade e excelência que o La Salle Medianeira, por seu qualificado corpo docente, ofereceu e oferece ao longo de sua história, granjeando a confiança e o respeito das famílias de toda microrregião, pois em seus bancos escolares, estão alunos de Cerro Largo e municípios vizinhos. E essa qualidade é comprovada anos após ano, pela qualidade dos seus frutos, que são seus ex-alunos, que atualmente participando das provas do ENEM, classificam o La Salle Medianeira entre os melhores do Estado e outrora, pelas centenas de professores rurais, que além do magistério, foram lideranças promotoras do desenvolvimento das comunidades em que atuaram, que muitos deles, na década de l960/70, foram prefeitos eleitos em seus municípios, como Vicente Soares (São Nicolau), Alcion Moura (Santo Antonio), Pedro Venâncio (Roque Gonzáles), Ovídio Kaiser (Porto Xavier), Eugênio Werlang (Porto Lucena), Boleslau Izalanski (Guarani das Missões), Arlindo Rszyk (Campina das Missões), Aloísio Bracht (São Paulo das Missões), Benedito Haas (Salvador das Missões) e João Kleinubing (Rolador).

E como a atual diretora, professora Simoni Prisnitz naquela celebração ressaltou, esta história vitoriosa se deve à qualificação continuada e dedicação total de seu professores e funcionários, ao apoio constante dos pais como parceiros sempre presentes no processo educacional de seus filhos, conclamando ao final para que toda comunidade, apesar das adversidades, do atual quadro de apreensões resultantes da pandemia do coronavirus, continue prestigiando a direção e corpo docente, para não deixarem cair a peteca desta instituição de ensino e educação qualificada.

Fonte: Lauro de Wallau
la salle
medianeira
colégio medianeira
85 anos
CONTINUE LENDO